Amazon

Resenha: Sob o calor do sertão e O calor do sertão continua - Nana Pauvolih

15:02:00

Sob o calor do sertão - Nana Pauvolih
Sinopse - Parte 1
Sob o calor do Sertão retrata o encontro de duas pessoas totalmente diferentes: Elisabeth Medeiros, uma socialite carioca, escritora, que resolve visitar o Nordeste para escrever um livro mais realista; e Marcus Lobo, um médico cheio de ideais, que abandonou tudo para viver no sertão da Bahia, lutando contra doenças, fome e miséria. Para Lisa, é um choque de realidade. Ela vê coisas que nunca pensou existir, não sabe se aguenta uma vida tão longe do conforto com o qual está acostumada. Mas se apaixona loucamente pelo médico bruto, grosso, que enfrenta a todos por um mundo melhor. Um amor que tem tudo para dar errado. Mas que pode mudar a vida de duas pessoas. 

O calor do sertão continua - Nana Pauvolih
Sinopse - Parte 2
Neste romance, Lisa e Marcus precisam deixar seus sentimentos falarem mais alto e decidirem se vale a pena abrir mão de algumas coisas por amor. A paixão entre eles explode, queima, revela segredos, traz dúvidas e mudanças. Em meio à aridez do Sertão nordestino e à corrupção, Marcus e Lisa lutam por justiça e por um amor que tem tudo para dar errado, afinal, pode Lisa abandonar uma vida de luxo para viver de modo tão simples? E que segredos o Doutor guarda para si?


Livros: Sob o Calor do Sertão e O Calor do Sertão Continua (Amor no Sertão, #1 e #2) | Autora: Nana Pauvolih | Ano de Lançamento: 2017 | Idioma: Português | Compre: #1 Amazon, #2 Amazon | Classificação: 4,5/5

PDF Sob o Calor do sertão - Nana Pauvolih

"​Sob o calor do sertão" e "O calor do sertão continua" integram a trama "Amor no sertão", criada pela autora Nana Pauvolih ​para contar a história de Elisabeth e Marcus, duas pessoas com realidades e experiências completamente opostas e cujas vidas se cruzam em meio a seca e a miséria do sertão baiano.

​Elisabeth ​está em busca de mudanças. Carioca, escritora bem sucedida, herdeira e prestes a completar trinta anos, ela encontra-se ​insatisfeita, desejando escrever sobre ​personagens mais reais e histórias​ ​ambientadas no próprio país. Para tanto, ela resolve viajar sozinha de trailer até o nordeste, a fim de inspirações e de aproximar-se de uma realidade só conhecida através das mídias.​

O destino a guia até o povoado de Riboruna, onde ela consegue a imersão cultural que tanto desejava e onde ela conhece Marcus, o ​único ​médico d​a cidade. Considerado herói do local, Marcus ​ tem trinta e oito anos, ​é dedicado, altruísta, sincero e é bem estúpido e grosseiro quando quer, além de possuir uma bagagem de vida densa. Diariamente ele luta contra as condições quase desumanas da região para tratar seus pacientes, que sobrevivem​ ​em ambientes ​sem água, sem comida, sem educação e ​esquecidos pelos governantes do país.​

Assim que Marcus ​conhece Elisabeth e descobre as ​intenções dela​ na cidade, além de presumir​ que ela será mais uma "​riquinha​"​ a se aproveitar dos necessitados e ganhar fama ​às custa​s ​deles​, ele se protege como consegue para não deixar-se sentir nada pela escritora. Entre confrontos, discussões, acontecimentos marcantes ​e a atração entre eles, acompanhamos uma jornada sobre autoconhecimento, valores e a importância de tomar riscos em busca da felicidade.

PDF Sob o Calor do sertão - Nana Pauvolih

Adorei, adorei adorei! Não é novidade que sou grande fã da autora Nana Pauvolih e que adoro acompanhar a carreira dela! A autora revelou que escreveu a história de Lisa e Marcus no início da década de 2000 e só em 2016 adaptou e lapidou o manuscrito. Gosto de notar como a cada livro publicado ela nos mostra o quanto seu trabalho amadurece e a forma como comprova o quanto é importante e necessário para um escritor conhecer e escrever também sobre o país em que vive.
Com riqueza de detalhes e de forma muito real, a autora nos mostra isso, através dos nomes dos personagens e das descrições dos acontecimentos bons e ruins. da história. Isso tudo adornado de trechos apimentados escritos do jeitinho envolvente que é só dela, sem pudores e sem frescuras. 
E para completar, a história traz ainda reflexões a respeito da pobreza, corrupção e o verdadeiro valor material e sentimental das coisas.

PDF O Calor do sertão continua - Nana Pauvolih

Lisa está em uma daquelas fases em que nos questionamos sobre o sentido das coisas. Ela está insatisfeita consigo e com seu trabalho e vê na viagem ao Nordeste uma fuga e também uma possibilidade de se encontrar.  Lá no sertão, longe da família e das boas condições que o dinheiro pode trazer, ela conhece pessoas que são felizes com muito pouco e aprende que não é necessário possuir muito para ser feliz. Lá ela também presencia situações tristes e vê com impotência as injustiças da vida e do ser humano. Aos poucos o povoado e Marcus ganham raízes em seu coração e ao lado do médico, que diariamente luta para promover uma vida melhor à população, encontra o amor e a inspiração para tentar fazer o bem e tornar-se um ser humano melhor.

Amei Lisa e Marcus! A historia tem uma passagem de tempo boa como eu gosto, os diálogos são bons, as cenas eróticas na medida certa. A riqueza de detalhes com que a cidade de Riboruna foi criada e descrita ficou perfeita, despertou aquela vontade de conhecer os moradores, de participar da quermesse, da festa de aniversário...foi tudo muito próximo do real e me fez lembrar de algumas cidadezinhas do interior que conheço. 💙

O destaque especial ficou por conta de uma das cenas descritas na parte um, ficou muito tensa e muito real. 😮

👉A resenha ficou dupla pois avaliei o conjunto da obra, eles merecem ser lidos na sequência. 😎

Leia Também:

1 comentários

  1. Que coisa mais linda! Estou feliz e encantada com a resenha. Este livro por muitos anos me chamou e quando o peguei e reescrevi, me apaixonei de novo por ele. Beijão!

    ResponderExcluir

Inscreva-se no Feed