Amazon

Resenha: Fractured Love - Ella James

17:20:00


Sinopse:
Eu tinha dezesseis anos quando ele veio para nossa casa. Landon Jones, um menino com nada, de lugar nenhum.Ele tinha cabelos acobreados e olhos azuis - azuis claros, como os meus. Quando saíamos como uma família com meu irmão adotivo, as pessoas perguntavam se Landon era meu gêmeo. Ele não era. Naquele ano, descobrimos o quanto ele não era. Quando meus pais nos flagraram, eles se livraram de Landon como se ele fosse um lixo.

Agora eu tenho vinte e nove anos, e em breve serei uma cirurgiã, como minha mãe e meu pai. Eu sei que a residência vai dar trabalho, mas eu não tinha ideia de que iria arrancar meu coração também. Não até eu vê-lo - Dr. Jones.

Livro: Fractured Love (The Off-Limits Romance Series, #3) | Autora: Ella James | Ano de Lançamento: 2017 | Idioma: Inglês | Compre: Amazon | Classificação: 4/5

Dividida entre passado e presente, Fractured Love é uma história contada sob o ponto de vista de Landon e Evie e aborda não só o romance Tabu entre eles, mas também a amizade, o primeiro amor, as segundas chances e amadurecimento.

​Gostei bastante, tem muitos elementos que gosto em uma história e a escrita é uma daquelas que você não larga até acabar. Só não ganhou nota total pois a reaproximação deles foi rápida e os acontecimentos do ​ final foram um pouquinho corridos​ para mim. Alguns acontecimentos, frases e características dos personagens mereciam um pouco mais de cuidado da autora ao finalizar a trama. 
Em um trecho por exemplo, quando Evie comenta que para a mãe dela "nada ocorre por acaso " dentro daquela família, fiquei sentindo falta de vivenciar o pedido de desculpas dos pais dela e todo o desenrolar que foi apenas narrado por Evie mas que não pudemos vivenciar enquanto leitores. Passei vontade!


"Landon é meu e eu sou dele. É um fato real, do mesmo jeito que o coração possui quatro cavidades e a espinha trinta e três vértebras."

​Landon é aquele bom garoto pouco comum nos livros do gênero. Ele passou por diversos lares adotivos e por ter essa experiência, sabe como agir para não entrar em apuros. Ele é sensível, inteligente e leal, e por essas e outras características desperta a atenção de Evie, que também é doce, companheira e bem curiosa.

Ele é um tanto quanto comedido mas se desnuda para Evie. Eles se enxergam, conseguem ler um ao outro muito bem e fica claro que não sentem somente atração pelo outro. Esse tipo de interação entre eles na primeira parte gera um delicioso slow burn, que prende nossa atenção para seguir com a história e ver até quando eles conseguirão se conter

Algo bem legal foi a opção da autora em não tornar Landon um daqueles personagens idiotas e amargurados comuns em alguns livros envolvendo passagem de tempo e o tema perdão. Mesmo depois de tudo que ele passou, ele seguiu com sua vida e convive bem com os outros.

A forma como a autora direcionou e conduziu a história despertou aquela vontade de não parar até chegar ao presente e descobrir tudo que aconteceu com esse casal. E meu doeu um pouquinho quando uma das revelações foi mostrada. Foi algo bom para refletir e pensar nos diferentes tipos de família que podem existir.
​Novamente a capa não representou com a história como o outro da série que li, mas ok. 
Ps: (Dias depois de publicado, o livro ganhou outra capa também exagerada na minha opinião, rs)​

Arc gentilmente cedido pela autora e The Next Step PRObrigada.

Leia Também:

2 comentários

  1. Essas duas capas não tem nada a ver com o livro, aff. Eu até entendo o marketing por trás, mas não consigo concordar.
    Que decepção esse livro! :( Esperava tãaaaaaaao mais.
    Foi meio boring pra mim, infelizmente, apesar de eu ter curtido os mesmos pontos que você. Pra mim, o que faltou falou mais alto do que o que a autora conseguiu trazer de legal.
    A segunda metade do livro eu só fui passando as páginas. :((((((

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bem mais desse do que o anterior. O primeiro não li, talvez um dia leia. rsrs
      Achei muito corrida a segunda parte, prometia mais e quebramos a cara, rs

      Excluir

Inscreva-se no Feed