Arc

Resenha: Chasing Ellie - Paige P. Horne

13:45:00

Chasing Ellie - Paige P. Horne

Sinopse:
Eu sou a garota selvagem cuja mãe decidiu que não queria mais viver. Eu cresci com um pai que só tinha metade de um coração, em uma cidade onde todos conhecem todos. Eu temi o amor quase toda a minha vida porque eu vi em primeira mão como parece ao perdê-lo.É feio, é assustador e sua dor é quase insuportável. Quando eu tinha nove anos, meu pai me disse que você só encontrará um verdadeiro amor nesta vida.

"É o amor mais raro mas mais verdadeiro que existe, Pequena Senhorita. Você vai encontrá-lo e nunca o abandonará."

Mas eu não compartilhava dos sentimentos do meu chefe depolícia.
Até um dia de verão, quando um garoto de olhos castanhos com um lábio rachado e um sorriso afetado, apareceu na pequena cidade de Green Ridge. Tommy Kingsley começou a mudar tudo. O garoto do lado sul de Chicago me ensinou que o amor não é algo a ser temido e que é a única coisa que faz com que todo o resto valha a pena. Ele me deu esperança e esta história conta como foi.
Livro: Chasing Ellie (A Chasing Fireflies Spin Off) Autora: Paige P. Horne  | Ano de Lançamento: 2017 | Idioma: Inglês | Compre: Amazon | Classificação: 4/5

Primeiro livro da autora que leio, achei muito bem escrito e fiquei um pouco interessada nos personagens que aparecem na série oficial, num futuro próximo darei uma chance.

Tommy é determinado, focado e quer o melhor para a sua vida. Ele teve uma infância ruim ao lado do irmão e fará de tudo para ser o melhor no que faz, ser digno de da garota que ele é apaixonado e para não ser como o pai. É o melhor amigo de Ellie até que chega o momento em que ele quer avançar esse relacionamento para um namoro, situação que irá contribuir para muitas decisões erradas e muitas corretas em suas vidas.

Ellie é atrevida, corajosa e acima de tudo livre. Cresceu vendo seu pai sofrendo por amor e isso fez com que apesar do seu espírito livre, trancasse seu coração para o amor, por medo de se deixar sentir por conta de tudo que aconteceu com sua família. No livro acompanhamos ela de adolescente até a vida adulta, quando ela deverá decidir se continuará vendo a vida e a felicidade passar, ou "entrar no jogo" e se permitir ser feliz ao lado de Tommy.

"Ela é o meu tendão de Aquiles. Eu sou vulnerável quando é para ter a sua afeição, desejando-a como um viciado deseja a sua agulha e a sua colher."

Esse livro tem muitas partes difíceis. Por muitos trechos deu aquela vontade louca de gritar com a protagonista, de chacoalhá-la para que ela acordasse e arriscasse ser relacionar, que pensasse no tanto de tempo que ela estava perdendo, e na quantidade de drama e sofrimento desnecessário. 

E Tommy, esse foi um daqueles personagens cuja nossa simpatia vai surgindo de acordo com o amadurecimento do personagem. Ele começou como um adolescente problema e se transformou em um homem perseverante e em busca de sua felicidade.

O interessante nos personagens foi que a autora a todo tempo mostrava dois lados de ambos, fazendo assim que notássemos como eles eram opostos perfeitos e como se completavam em suas qualidades e defeitos. O melhor do livro foi realmente a característica de Tommy em realmente ser obstinado em conquistar a sua melhor amiga desde sempre.

Quando o coração quer, não adianta tentar ir contra e nesse livro o caso foi exatamente esse. A autora fez um trabalho ótimo em construir a relação deles com o passar dos anos e sem correr, sem exagerar. Senti tudo muito real e cru, todas as emoções, medos e conflitos. <3

Arc gentilmente cedido pela autora e Give-me books. Obrigada.

Leia Também:

0 comentários

Inscreva-se no Feed