Arc

Resenha: Dying Wish - Margaret McHeyzer

18:17:00

Sinopse:
Eu tenho três grandes amores na minha vida: minha família, minha melhor amiga Becky, e o balé. Elijah Turner está rapidamente se tornando o quarto.
Ele tem estado ao redor desde que me lembro. Mas agora ele é muito mais do que apenas o cara irritante da escola.
Minha vida estava funcionando perfeitamente... até que ela virou de cabeça para baixo.




Livro: Dying Wish | Autora: Margaret McHeyzer  | Ano de Lançamento: 2017 | Idioma: Inglês | Compre:Amazon | Classificação: 4,5/5

Esse é daqueles livros que te permitem passar por diferentes emoções ao longo dos capítulos. Você se sente determinada, você sorri, se apaixona, chora e fica de coração partido junto dos três personagens principais, e no fim dá mais uma choradinha para finalizar!

No prólogo somos apresentados a Alice, uma garota de 17 anos que desde sempre estudou ballet e tem como plano ser a melhor bailarina de uma renomada companhia de dança americana. Junto dela estão Becky, sua melhor amiga e Elijah, o garoto que vai dar duro para ganhar seu coração. Somando esses elementos temos então uma série de acontecimentos mostrados ao longo das páginas que resultam em uma constatação: Dying Wish é  um livro sobre o encontro de três almas gêmeas destinadas a se encontrarem em algum momento de suas vidas.

" O que nós temos não é épico. É lendário." 

Entre a escola, o tempo que passa em casa  e  os treinos de dança, Alice  desperta a atenção de Elijah, o colega de escola que demostra sempre que pode seu interesse pela bailarina. E ela também tem sua melhor amiga Becky para dividir seus momentos mais importantes. As duas são completamente diferentes uma da outra mas se completam do jeito que são. Juntos os três se tornam inseparáveis e também aquele trio leal que faz tudo pelo outro, nos bons e maus momentos. Eles cresecem , enfrentam problemas, amadurecem e se tornam protagonistas de uma história sobre encontrar o amor e carregá-lo ao longo da vida, mesmo diante do inexperado, das perdas e das curas que necessárias ao longo da vida.

" Eu quero que eles se lembrem do amor."

A construção do livro é interessante, são duas partes e muitas emoções em conjunto. Enquanto na primeira parte temos a avalanche de sentimentos, a segunda parte é mais calma e onde tudo entra novamente nos eixos, finalizando com um epílogo que é fofo mas acima de tudo agridoce. O livro tem muitos elementos já utilizados em outras histórias mas aqui ganharam um percurso diferente. O destaque especial fica por conta dos pais de Alice, os mais perfeitos possíveis da literatura. Como eu quis ir lá visitá-los, jantar com eles...rs

Dying Wish foi o responsável pela minha primeira ressaca literária do ano e também minha estreia nas obras da autora. Compens​ou demais!

BookTrailer

Link no iTunes para a música Dance While You Sleep: http://apple.co/2hfnRxe

Leia Também:

2 comentários

  1. Chorei tanto com esse trailer que precisei ler o livro. Muito singelo e emocionante. Sou fa das suas resenhas.

    ResponderExcluir

Inscreva-se no Feed